02.01.18

Philip Greenlees e Pietra Bizzotto faturam ouro e bronze na Final Mundial FEI Children 2017

A virada para 2018 não poderia ter sido melhor para o hipismo brasileiro na Final FEI Children 2017 que movimentou o Equuleus International Riding Club, em Beijing, na China. Após duas provas (em 30 e 31/12/2017) que definiram a ordem de entrada para a grande final nessa segunda-feira, 1/1/2018, o pódio final teve domínio verde amarelo com Philip Greenlees, medalha de ouro, e Pietra Carolina Bizzotto, bronze.

Comemoração da nata jovem do hipismo mundial com Philip Greenlees, campeão, Pietra Bizzotto, bronze

Dos 20 conjuntos – 16 vencedores das seletivas em seus respectivos países e quatro representantes locais – sete foram ao desempate na corrida pelo pódio individual. Pietra Carolina com EL Ninjo, conjunto que integrou a equipe Dream Team (com formação mista) medalha de bronze em 31/1/2017, foi a primeira a zerar , em 45s95, um resultado que lhe garantiria o bronze. A mexicana Maya Ines Chambom montando Zonnekonig zerou em 39s19, estabelecendo a nova marca a ser batida. Antepenúltimo em pista, Philip, 14, apresentando Adinka foi para o tudo ou nada e com percurso limpo em 38s08 faturou a medalha de ouro. Os três medalhistas foram os únicos a zerar o desempate.

Philip Greenlees e Adinka a caminho da vitória

A medalha de ouro coroou a excelente temporada de Philip, 14. Em 2017, entre outras conquistas, o cavaleiro paulista foi campeão paulista individual e por equipes e americano por equipes na categoria Mirim, venceu a seletiva brasileira FEI Children e também faturou a vaga para a Olimpíada da Juventude 2018, na Argentina.

Philip com seu irmão Richard, o pai Roderick Greenlees e o treindor Bybon

Pietra, 13, também amazona de São Paulo, foi vice-campeã na seletiva brasileira FEI Children 2017. Entre suas conquistas em 2017 estão a 4ª colocação no Campeonato Paulista e Brasileiro Pré-mirim. A amazona também defendeu o Brasil no Sul-Americano Pré-mirim 2017 na Argentina, fechando na 7ª colocação. O treinador Ruben Elisbón Martinez, o Bybon, uruguaio radicado no Brasil, orientou os jovens talentos brasileiros nessa grande final na China.

Linda comemoração da da medalhista de bronze Pietra Bizzotto

“O FEI Children é muito importante para a base e formação da nova geração do hipismo brasileiro e mundial. Philip e Pietra fizeram jus ao nosso histórico de medalhas na competição. Parabéns ao Philip e Pietra, que meio aos melhores cavaleiros e amazonas do mundo na categoria, honraram o Brasil com essa importante conquista”, destaca Ronaldo Bittencourt Filho, presidente da Confederação Brasileira de Hipismo.

Promovido e organizado anualmente pela Federação Equestre Internacional e reunindo amazonas e cavaleiros com idade entre 12 e 14 anos, o FEI Children tem seletivas em diversos países com o objetivo de selecionar os 16 melhores conjuntos da categoria, com participação máxima de dois conjuntos por país. Estes 16 melhores do mundo provenientes do Brasil, França, México, Síria que habilitaram dois finalistas cada, Argentina, Canadá, Colômbia, Alemanha, Guatemala, Nova Zelândia, África do Sul e Rússia, todos com um representante, se juntaram a outros 4 conjuntos do China. Em edições anteriores eram 16 os jovens talentos do país sede.

Finalistas top 10 em registro para posterioridade

Brasil computa quatro ouros e totaliza 9 medalhas individuais na competição

Em 2013 a final FEI Children foi em Brasília e teve Brasil no placar com Paulo Roberto Brasileiro de Miranda, medalha de prata e Filipe Baratella Risi, bronze. Em janeiro de 2012, a Final 2011 do Fei Children´s International Jumping foi em Hong Kong e teve como campeã a brasileira Sarah Vasconcellos. Em 2002 a final também foi na capital brasileira e o pódio foi 100% verde amarelo: Maira Machado Pinheiro, ouro, Fabio Genes, prata, Fernando Pasmanick Schilis, bronze. Em 2003, no Canadá, Fabio Genes honrou o Brasil com a medalha ouro. Agora na final de 2017, com o ouro de Philip e o bronze de Pietra já são nove as medalhas do Brasil na história da competição: quatro ouros, duas pratas e três bronzes.

Resultado completo.

Fonte: Imprensa CBH – imagens Equuleus International Riding Club, FEI, cedidas e reprodução facebook

Comentários