09.05.13

Fernanda Abreu foi vice e André Vidiz, 4º, Try Out 2013 Pan American Endurance Uruguay

No último final de semana, em 4 e 5/5, os times Brasil de Enduro Equestre das categorias Young Rider e Adultos participaram do Try Out 2013 Pan American Endurance Uruguay em Trinidad Flores.

União faz a força: times Brasil de enduro no try Out Pan American Endurance Uruguay

União faz a força: times Brasil de enduro no try Out Pan American Endurance Uruguay

O destaque na categoria Young Riders, disputada no sábado, 4/5, rolou por Fernanda Carvalho Moreira de Abreu com LR ALI que honrou o Brasil com a 2ª colocação na prova de 121,4 km B.

A vice-campeã Fernanda Carvalho Moreira de Abreu com LR ALI em ação nas trilhas do Uruguai

A vice-campeã Fernanda Carvalho Moreira de Abreu com LR ALI em ação nas trilhas do Uruguai

A vitória ficou com a argentina Manuela Basombrio com Araka Peregino.Também fizeram bonito na categoria Young Riders Rodrigo Azari Beneplacito com Ho All Black que emplacou na 8ª colocação e Rodrigo Pereira Beauyt com JC Nay Beauty, Pedro Liberal Lins com HM Malebo, respectivamente, em 11º e 12º lugar.

Mais um clique do time de feras do enduro brasileiro no Uruguai

Mais um clique do time de feras do enduro brasileiro no Uruguai

Entre os adultos, 121,4 km o experiente e sempre competivio ginete brasileiro André Vidiz levou SM Bomberito ao 4º posto. Sagrou-se vencedor o uruguaio Juan Pablo Viana com Chinito del Timote. Também pelo Brasil, Fernando Gonçalves Costa com Volunteer Rach cruzou a linha de chegada em 11º lugar.

No domingo, 5/5, Fernando Gonçalves Costa com JM La Uno terminou mais uma prova, dessa feita, de 80 km, com JM La Uno, na 18ª colocação. Fernanda Villar montando Saluki foi a vencedora pela cores do Uruguai.

Ronaldo Bittencourt, vice-presidente da Confederação Brasileira de Hipismo e diretor de enduro da entidade, esteve presente e acompanhou toda a movimentação das equipes brasileiras. “Rodrigo Beneplácito demonstrou toda sua vontade em participar da equipe brasileira, pois em apenas um dia providenciou sua ida para o Uruguai para substituir o cavaleiro adulto Renato Salvador que teve um imprevisto e não pode viajar ao Uruguai”, contou Ronaldo. “Pedro Liberal Lins e Rodrigo Moreira Barreto conseguiram terminar a 10ª prova de 120Km e agora entraram no grupo de cavaleiros “elite”, que é uma vantagem competitiva pois podem montar qualquer cavalo qualificado diretamente nas competições (sem passar necessariamente pela qualificação conjunta do cavalo e cavaleiro),” acrescenta o dirigente e horseman.

“Newton Lins, Rafaela Barreto, Paula Rehder Toledo e Mariana Amaral Neves não terminaram a prova apesar do apoio de toda a equipe. Mas cumpriram o papel que era de reconhecer as trilhas e se ambientar com o ambiente aonde será realizado o Panamericano 2013 na cidade de Trinidad – Flores”, destaca Ronaldo, referindo ao evento maior das Américas que acontece entre 25 e 29 de setembro de próximo.

Todos os brasileiros competiram com cavalos gentilmente cedidos por centros de treinamento de enduro uruguaios. “Agradecemos muito toda a recepção, hospitalidade e o empréstimo dos cavalos”, finaliza Ronaldo.

brazao500

“Pensei que eu ia para o Uruguai para aprender mais sobre o enduro e me preparar para o Panamericano. Mas na verdade recebi um grande prêmio conheci pessoas maravilhosas com seus objetivos sempre margeados pelo cavalo.No Brasão uruguaio acima temos alguns significados: a balança( igualdade, justiça), a Colina de Montevidéu( força), o cavalo galopante( liberdade), o boi(abundância)”, por Ronaldo Bittencourt .

 

Fonte: CBH

Comentários