Campeão da Copa do Mundo 2017, McLain Ward é o novo nº 1 do ranking mundial FEI; quatro brasileiros estão entre os Top 100

O norte-americano McLain Ward, campeão da Final da Copa do Mundo de Salto no último domingo, 2/4, e duas vezes campeão olímpico por equipes, assumiu a liderança do ranking mundial de Salto FEI Longines.

“É sempre um prazer ser o número nº 1. Isso reflete consistência no nível top que todos nós almejamos. Ser o nº 1 do Longines Raking após a minha vitória na Final da Copa do Mundo é uma grande sentimento”, garante Mclain Ward.

McLain Ward com HH Azur comemorando o título de campeão da Copa do Mundo 2016/2017

Foi com sua montaria HH Azur, com o qual foi prata por equipes na Rio 2016, que Ward garantiu a ascensão no ranking. O alemão Daniel Deusser, que estava em primeiro lugar desde janeiro, agora ocupa o 3º posto. O norte americano Kent Ferrington, que integrou a equipe medalhista na Rio 2016, permance no 2º posto. Christian Ahlmann da Alemanha desceu da 3ª para a 4º posição e o canadense Eric Lamaze manteve-se em 5º lugar.

Ward fez a sua estreia olímpica em Atenas 2004, quando integrou a equipe medalha de ouro. O segundo ouro por equipes veio nos Jogos de Beijing 2008 Games e em Londres 2016, o cavaleiro fechou na 6ª colocação individual. Ward também foi ouro individual e bronze por equipes no Jogos Panamericanos de Toronto 2015.

Melhores brasileiros

Marlon Zanotelli é o atual melhor brasileiro no ranking FEI Longines subindo da 77ª para 74ª colocação. Já Pedro Veniss se manteve em 79º lugar.

Marlon e Extra van Essene em salto espetacular no Global Champions Tour; img: Stefano Grasso

Cassio Rivetti subiu da 95ª para 87ª posição. Eduardo Menezes que estava em 101º lugar agora ocupa 99º posto. Yuri Mansur subiu 10 posição e é o atual 122º.

Clique aqui e consulte o ranking completo.

 

Com a fonte: FEI

Marlon leva Sirene de la Motte ao topo do pódio em Vilamoura, a 1,45m

Nessa quinta-feira, 9/3, o brasileiro Marlon Zanotelli mais uma vez mostrou que está em grande forma vencendo a prova a 1,45m do Vilamoura Atlantic Tour 2017, em Portugal, válida pelo Ranking Longines. Número 36 do mundo, o maranhense foi o mais rápido hoje montando Sirene de la Motte, no tempo de 58s59, o suficiente para bater o conjunto holandês Johnny Pals e Anna JO, 2º colocado com 59s03.

Marlon e Sirene; img: One Shot

O brasileiro radicado na Bélgica está se saindo muito bem neste início da temporada européia, já tendo chegado em 2º lugar anteriormente em dois GPs no Vilamoura Equestrian Center.

“O percurso estava delicado, mas rápido”, concluiu Marlon. “A Sirene é um dos meus melhores cavalos atualmente. Ela saltou cinco GPs sem faltas até agora. Vamos ver como ela continua nessa temporada, mas acredito que vai se sair muito bem.”

Assista o percurso do brasileiro.

 

Brasil Hipismo com a fonte e foto: Vilamoura Atlantic Tour

Marlon Zanotelli papa 3º vice-campeonato seguido nos GPs de Vilamoura

Mais uma semana de provas no Vilamoura Atlantic Tour e mais um vice-campeonato para o brasileiro Marlon Zanotelli. O talento maranhense já havia conquistado o segundo posto com Sirene de La Motte em outros dois GPs internacionais portugueses em 26 e 18/2. E, nessa terceira semana de concurso no Vilamoura Equestrian Center, Marlon voltou ao pódio com Celena VDL, filha de Mr. Blue em égua Chin Chin, de 10 anos, que foi recentemente para sua sela.

Marlon e Celena VDL, no galope da vitória, em registro de Andrea Hoenack

A prova a 1,50 metro teve 63 concorrentes e 11 no desempate. Cinco conjuntos voltaram a zerar e a vitória ficou com o alemão Marcel Marschall montando Undercontract, 37s19. Marlon marcou 38s81 e Reynald Angot com Symphonie des Biches terminou em 39s44, pela França.

Os brasileiros Adir Abreu Junior / Chactonus 2, Cassio Rivetti / Lagerfeld, Nando de Miranda / Czarina Jmen, Felipe Ramos Guinato / Vuduciel Un Prince e Luiz Felipe de Azevedo Filho / Chacito também participaram da prova, mas não habilitaram-se ao desempate.

Em 2/3, Cassio Rivetti levou Lagerfeld ao 2º posto na prova a 1,45m, sem faltas em 49s92, apenas alguns décimos atrás do britânico Timothy Page, que venceu sobre o dorso de Duc D Arsouilles, 59s84.

O Vilamoura Atlantic Tour 2017 começou em 14/2 e segue até 2/4.

Resultado completo

 

Brasil Hipismo com foto: reprodução Facebook Andrea Hoenack

Marlon Zanotelli chega novamente em 2º no GP3* do Vilamoura Altantic Tour

O cavaleiro maranhense radicado na Europa, Marlon Zanotelli, conquistou neste domingo, 26/2, o segundo vice-campeonato no GP a 1.50m nesta temporada do Internacional 3* de Vilamoura Atlantic Tour 2017, em Portugal. Com Sirene de La Motte, o brasileiro já tinha ficado em 2º lugar na semana anterior, e desta vez fez mais um duplo zero, com o tempo de 46s07 no desempate.

Marlon e Sirene, dois vice-campeonatos em duas semanas; img: reprodução Facebook / Andrea Hoenack

O GP teve a participação de 49 cavaleiros que saltaram o percurso elaborado pelo britânico Bob Ellis, responsável pela armação dos Jogos Olímpicos de Londres 2012, dos quais nove foram para o desempate com apenas três pistas limpas. O vencedor foi o francês Mathieu Billot montando Ilena S, 44s01, e o terceiro lugar ficou com o conjunto japonês Taizo Sugitani / Cuba. com 48s55. A disputa contou como qualificatória para os Jogos Equestres Mundiais de 2018, em Tryon, nos EUA.

Esta foi a segunda semana do Vilamoura Atlantic Tour, que vai até 2/4, e contou com premiação total de 127 mil euros, sendo 25 mil para o GP.

Confira o site oficial com todos os resultados

 

Primeira semana do Vilamoura Atlantic Tour tem Marlon Zanotelli como vice no GP 3* e diversas classificações brasileiras

No domingo, 19/2, o top brasileiro Marlon Zanotelli foi vice no GP 3*, a 1.50 metro, no Vilamoura Atlantic Tour, em Portugal. Montando a égua sela francesa Sirene de La Motte, de 10 anos, Marlon fechou o desempate sem faltas em 32s12. Dos 41 conjuntos, 12 habilitaram-se ao desempate. A vitória ficou com o cavaleiro belga Thierry Goffinet com Artuur JHZ, pista limpa, 32s10. Também pelas cores do Brasil, Cassio Rivetti montado Lagerfeld emplacou em 4º lugar, sem faltas, 33s37, atrás do francês Mathieu Billot com Ilena S, 3º, pista limpa, 33s24.

Outros três brasileiros também habiltiaram-se ao desempate: Adir Abreu Junior com Hunter van Indihof, o jovem talento João Victor Castro com Quentin PJ e Felipe Guinato com Quidam´s Grey Lady terminando, respectivamente, no 9º, 10º e 12º lugar.

Marlon, acompanhado por Sirene e sua tratadora; img: reprodução Facebook / Angelica Augustsson

Já no sábado, 18, João Victor foi o vencedor da disputa a 1,35m montando Quarelie de La Louvet com pista limpa em 54s61, e Luiz Felipe de Azevedo Filho foi o 4º colocado apresentando Chacito, zero pontos perdidos em 57s02.

Também no sábado, Felipe Guinato chegou em 3º lugar na prova a 1,45 metro montando Zenzero, sem faltas em 58s27. A disputa foi vencida pelo conjunto português Mario Wilson Fernandes e Tidelio des Nauves, 56s54, e teve Thierry Goffinet na 2ª posição, desta feita com Aliana, 57s44.

O jovem talento João Victor e Quarelie de La Louvet; img: reprodução facebbok / Mara Aguiar

Cassio Rivetti e Dollar de Fremis ficaram na 3ª colocação na prova de duas fases 1,35m de sexta-feira, 17, com zero no tempo de 26s71. Venceu o conjunto da casa, Francisco Rocha e C Berriz Z, com 25s25. Em 2º chegou o representante da Romênia, Luca Ruxandariu com Bamboo, 26s13.

Na quinta-feira, Felipe Guinato e Zenzero voltaram a emplacar em 3º, desta vez a 1,45m. O conjunto verde amarelo terminou sem faltas em 59s74 e Marlon foi o 4º com Sirene de La Motte. Venceram mais uma vez o belga Thierry Goffinet e Artuur JHZ, pista limpa, 58s25. Em 2º lugar ficou o francês Mathieu Billot, que montou Ilena S, zero em 59s22.

Adir Abreu também pegou um 3º lugar no mesmo dia, na disputa a 1,35m montando J – Eclipse, sem penalidades, 52s28. A prova foi vencida por Nicolas Deseuzes / Ulloa du Trefle, da França, sem faltas, 50s21. James Smith / Quattro 27 ficaram em 2º com 50s30, sem derrubes.

Acompanhe o placar do Internacional de Vilamoura entre 13 e 25/2.
Brasil Hipismo com a fonte: CBH ; foto: reprodução facebook

Bom começo de temporada para brasileiros no Vilamoura Atlantic Tour, em Portugal

Começaram nesta terça-feira, 14/2, as seis semanas do Concurso de Salto Internacional 3* Vilamoura Atlantic Tour 2017, na costa sul de Portugal. O evento prossegue até 2/4, com presença maciça de cavaleiros brasileiros.

Nesse primeiro dia, a maioria das provas foi destinada aos cavalos novos, além de uma disputa a 1,35 e uma a 1,25 metro de altura. Na prova a 1,25m ao cronômetro, Cassio Rivetti, que recentemente voltou a competir pelo Brasil, pode mostrar o talento de sua nova montaria, Exocet du Houssoit, vencendo a disputa em 82s83, único conjunto a terminar sem nenhuma penalidade.

Cassio e sua nova montaria, Exocet du Houssoit; img: Equinews

Em 2º lugar, chegou o britânico Jackson Reed Stephenson com Casparow, 1 ponto perdido em 85s43. Cassio apareceu novamente em 3º com Quarisma RC, 85.56, 1 ponto por excesso de tempo.

Marlon Zanotelli também terminou com 1 ponto perdido com cada uma de suas montarias. Ele foi o 5º colocado com VDL Friso Smh, 87s35, e 6º montando Katana Ter Damme, 87s57. Mais um brasileiro a participar da prova, Rafael Miranda, foi o 8º colocado com Cornet Star, 90s18, 2 pontos.

Nando de Miranda, Felipe Ramos Guinato, Flavio Abreu Bernardes e Luiz Felipe de Azevedo Filho estão entre os outros nomes brasileiros presentes nessa primeira semana de concurso.

Confira a programação, resultados completos e transmissão ao vivo.

Brasil Hipismo com foto: Equinews

Marlon Zanotelli e Adir Abreu Junior classificam-se na Holanda

Nesse final de semana os brasileiros radicados na Europa Marlon Zanotelli e Adir Abreu Junior obtiveram boas classificações na Holanda, no Concurso Internacional 2* de Kronenberg.

Adir comemora a vitória em foto de arquivo; img: reprodução Facebook

Na noite de quinta-feira, 26/1, Marlon foi o 3º colocado na prova Roelofsen Horse Trucks Prix, com obstáculos a 1,40 metro de altura, montando Sirene de La Motte, sem faltas em 64s25. O vencedor entre os 90 inscritos foi a amazona norueguesa Amalie Hegre, sobre o dorso de Remedy, pista limpa, 62s77. A 2ª colocação foi de Timothy Hendrix e Beau Beau em 63s83, sem faltas, pelas cores da casa.

Já no sábado, 28/1, Adir foi o grande vencedor entre os 83 participantes do Horse Service International Prix, a 1,35m, sobre o dorso de J-Eclipse. O conjunto zerou o percurso e voou baixo, parando o cronômetro aos 57s29. Por Portugal, Rodrigo Giesteira Almeida levou Umea de Blondel ao 2º posto, também sem faltas, com 60s15. Patrick Lemmen e Sisko du Chai não cometeram faltas e chegaram em 3º lugar no tempo de 60s55, pela Holanda.

O concurso termina neste domingo, 29/1, com o GP a 1,45m.

Resultados completos, clique aqui.

Fonte: CBH

Marlon Zanotelli e Sirene de La Motte vencem GP 3* na Bélgica; João Victor Lima também se classifica

Após uma vitória em 28/10 no Concurso de Salto Nacional 2* Opglabbeek Horse and Friends, Marlon Zanotelli e Sirene de La Motte voltaram ao alto do pódio nesse domingo, 13/11, comemorando o 1º posto no GP Mercedes do CSI3*, na mesma cidade belga. Na sexta semana seguida de eventos equestres, o SenTower Park em Opglabbeek, na Bélgica, é parada obrigatória para vários cavaleiros brasileiros que atualmente treinam na Europa, e sempre com bons resultados.

Galope da vitória de Marlon e Sirene

Galope da vitória de Marlon e Sirene

O GP Mercedes, a 1.55 metro, contou com 57 inscritos e apenas sete no desempate. Marlon e a égua Sela Francesa de 10 anos, Sirene de La Motte, repetiram o percurso zerado da primeira volta chegando na frente com a marca de 41s10. O 2º lugar foi do conjunto americano Lillie Keenan e Super Sox, sem faltas em 42s20. O 3º colocado foi o cavaleiro da casa Gilles Dunon montando Fou de Toi VD Keihoeve, pista limpa, 42s59. O jovem talento brasileiro João Victor Castro Lima também levou Quentin ao desempate, mas foi eliminado, ficando com a 7ª posição.

Clique para a posteridade dos campeões

Clique para a posteridade dos campeões

Entretanto, João Victor subiu ao pódio duas vezes no concurso belga: na quinta-feira, 10/11, no 3º posto com Oh La’la, duplo zero a 1,40m, e na 2ª colocação a 1,35m montando Chief Tibri Z, também com dois percursos limpos, no sábado.

João Victor com Chief e Oh La'La

João Victor com Chief Tibri Z e Oh La’La

Matheus Ferreira Gomes Correa, o Xuxu, também marcou presença em Opglabbeek com a fêmea da raça Brasileiro de Hipismo, HSL Arisma, 9 anos, de criação do Haras Santa Lucia e propriedade de Fabio Martins. Com mais uma pista sem faltas a 1,40m, a dupla vem apresentando percursos consistentes e promete bons resultados para o Brasil.

Resultados completos

 

Com a fonte: CBH e fotos: reprodução facebook Marlon Zanotelli e João Victor Lima

Brasileiros conquistam boas classificações em concurso internacional na Bélgica

Nesse final de semana vários cavaleiros brasileiros radicados na Europa marcaram presença no Concurso de Salto Nacional 2* Opglabbeek Horse and Friends, na Bélgica, inclusive com boas classificações.

A principal foi a vitória de Marlon Zanotelli e Sirene de La Motte na disputa ao cronômetro a 1,45 metro, sem faltas em 66s47, na sexta-feira, 28/10. A prova teve 83 inscritos e 17 conjuntos zerados, inclusive a dupla brasileira Matheus Ferreira Correa, o Xuxu e HSL Arisma, 79s17.

Marlon recebendo o prêmio pela vitória; reprodução facebook Mario Zanotelli

Marlon recebendo o prêmio pela vitória; reprodução facebook Mario Zanotelli

Na série Cavalos Novos 6 anos, foi a vez de Xuxu subir ao pódio em 1º lugar, montando Anoush du Chesnay, sem faltas, no tempo de 27s65 na segunda fase. Na quinta-feira, 27/10, o mesmo conjunto já tinha sido o 2º colocado contra 55 concorrentes.

Matheus Correa, o Xuxu, comemorando a vitória ao lado dos cavaleiros brasileiros em temporada na Europa, Rafael Huese e Kitaro Baldaia; img: reprodução facebook Matheus Correa

Matheus Correa, o Xuxu, comemorando a vitória ao lado dos cavaleiros brasileiros em temporada na Europa, Rafael Huese e Kitaro Baldaia; img: reprodução facebook Matheus Correa

Na própria sexta-feira, o cavaleiro olímpico e panamericano Pedro Veniss conseguiu a 3ª colocação a 1,35 metro, conduzindo Anaya Ste Hermelle, sem falta em 41s52. O mais rápido dos 10 concorrentes no desempate, entre os 56 inscritos, foi Amber Fijen com Andinie Ledimar Z, da Holanda, duplo zero, 40s22.

Já na principal prova de sábado, com obstáculos de 1,40 metro de altura, Bernardo Alves chegou no 4º posto com Itsi Pitsi Doree Van’t Kathof, sem faltas no desempate, em 39s36. O vencedor entre os 60 participantes, dos quais apenas 10 foram ao desempate, foi o belga Olivier Philippaerts com Ikker, pista limpa, em 36s83.

Placar completo

 

Fonte: Brasil Hipismo; fotos: reprodução facebook – reprodução total ou parcial proibida sem prévia autorização

Com duplo zero de Doda Miranda e Stephan Barcha, Time Brasil é 3º na última Copa das Nações antes dos Jogos Rio 2016

O Brasil conquistou nesta sexta-feira, 8/7, a terceira colocação na Copa das Nações do CSIO5* de Falsterbo, na Suécia. A equipe foi formada por Rodrigo Pessoa / Citizenguard Cadjanine Z (0/8), Stephan Barcha / Landpeter do Feroleto (0/0), Doda Miranda / AD Cornetto K (0/0) e Marlon Zanotelli / Cash Del Mar Z (4/RET).

Doda e Cornetto em ação nos EUA no início da temporada 2016; img: phelsports

Doda e Cornetto em ação nos EUA no início da temporada 2016; img: phelsports

Os brasileiros somaram 8 pontos perdidos na prova a 1.60m e terminaram empatados com Grã-Bretanha, atual campeã olímpica e Holanda, atual campeã mundial. A Suíça ficou com a primeira colocação, sem faltas, seguida pela Suécia em segundo, com quatro pontos.

Stephan Barcha e Landpeter do Feroleto, animal de criação nacional, em clique de arquivo na Sociedade Hìpica Parananense; img: Luis Ruas

Stephan Barcha e Landpeter do Feroleto, animal de criação nacional, em clique de arquivo na Sociedade Hìpica Parananense; img: Luis Ruas

No dia 18 de julho, a Confederação Brasileira de Hipismo vai anunciar os cinco cavaleiros que irão defender o Brasil nos Jogos Olímpicos Rio 2016 em coletiva de imprensa na Sociedade Hípica Paulista.

O concurso na Suécia é a reta final da preparação dos cavaleiros brasileiros que disputam uma vaga no Time Brasil de Hipismo Saltos para os Jogos Rio 2016. Os percursos da competição são desenhados pelo course-designer brasileiro Guilherme Jorge, que será o responsável pela armação das provas de Salto nos Jogos Olímpicos. O CSIO5* de Faslterbo, na Suécia, começou no dia 6 de julho e vai até domingo, dia 10.
Fonte: MKT Mix Comunicação