Concurso Melhores do Hipismo marca largada da temporada oficial no Rio de Janeiro

A Federação Equestre do Rio de Janeiro (FEERJ) realiza essa semana, entre 30/3 e 2/4, o concurso Melhores do Hipismo. O evento terá a participação de cavaleiros e amazonas de todas as categorias (de escolas a Sênior Top) com percursos assinados pelos course designers Helio Pessoa, Lucia Faria e Rafael Ferrarez. A competição na Sociedade Hípica Brasileira é aberta ao público, com entrada gratuita e será uma oportunidade de misturar o esporte com música, arte e gastronomia.

O evento premiará os melhores do Rio em 2016 e dará início ao ranking de 2017. Nomes de peso estarão presentes como o olímpico Paulo Stewart, Thiago Mattos, Marcello Ciavaglia, Rodrigo Lima, Carolina Faria de Alegria Simões e os irmãos Tiago e Lucas Mesquita. A principal prova acontece no domingo, 02/04, com o Grand Prix SPORTV, que será realizado na altura de 1,50m.

Thiago Mattos e Hermès do Santo Antonio: campeão do GP Sportv em 2016; img: João Markun

Rodolpho Luiz Figueira de Mello, presidente da Federação, está animado com a competição, onde são esperados mais de 400 conjuntos, vindos de todo o Estado.
“O Rio de Janeiro sempre foi o berço de grandes atletas do hipismo e esse concurso é muito especial por ser o primeiro da temporada carioca de 2017. Teremos nossas estrelas, mas também é grande uma oportunidade de preparação da base. O público presente terá oportunidade de assistir competições de alto nível, além de aproveitar diversas atividades na Sociedade Hípica Brasileira”, afirma o presidente.

Durante o concurso, que também terá provas de Adestramento, os presentes poderão desfrutar de foodtrucks, além do restaurante do clube. Após as provas, um palco montado para o evento receberá diversos artistas para entreter o público. Uma exposição da artista plástica Amanda Saladini, que faz pinturas dedicadas ao mundo equestre, também estará aberta aos visitantes. Para as crianças, o evento oferecerá shows do Pônei Club e uma Oficina de Artes que funcionará no fim de semana, onde crianças poderão pintar telas com o artista Benedito de Paula.

Serviço:
Concurso Melhores do Hipismo FEERJ
Local: Sociedade Hípica Brasileira
Endereço: Av. Borges de Medeiros, 2448 – Lagoa – Rio de Janeiro
Para mais informações: www.feerj.com.br

 
Fonte: FSB Comunicação

Ruy Couto vence última etapa do Torneio de Verão da Sociedade Hípica Brasileira

Montando o tordilho Imperius, Ruy Couto venceu pela terceira vez a série principal do Torneio de Verão 2017 da Sociedade Hípica Brasileira, que terminou na noite desta quarta-feira, 8/3. Couto terminou a segunda fase do percurso de 1.30m no picadeiro coberto, em 32s09 vencendo três das cinco etapas do torneio. O segundo posto ficou com Tiago Mesquita que conduziu Chalino através de um percurso limpo nas duas fases e foi seguido de Pedro Backheuser, com o recém adquirido Quantico, que fechou a prova zerado, com o tempo de 38s36 na segunda fase.

Terceira vitória de Ruy Couto no circuito

A prova de 1.20m também foi disputada em duas fases e o placar final ficou assim: vencedor, Capitão Estevão Grossi de Aguiar, com Sally das Cataratas, em seguida Pedro Backheuser com Uncle Berry e em terceiro Fabiano Bastos com Capri. Os percursos desta ultima etapa foram assinados por Helio Pessoa e já estavam mais exigentes, com o claro objetivo de ser o último treino preparatório para o começo da temporada oficial do ano, na próxima semana.

Entre os cavalos novos de 6 anos, venceu Exótica, com Lucas Mesquita, seguida de Calvará Land MC Brasil, montada por Loisse Garcia. Na prova aberta de 1.10m as meninas da casa garantiram as duas primeiras colocações e Rafaela Campbell ficou com a primeira posição, montando Blak Star, seguida de Maria Pinheiro com Badajós. Entre os cavalos novos de 5 anos, Tribeca foi a melhor, apresentada por Lucas mesquita, e em segundo ficou Calvara Home MC Brasil, com Loisse Garcia. Gustavo El Jaik montou Sphinxs para vencer a prova de 1 metro, enquanto Gabriela Marins Franco levou o troféu da disputa de 90 cm.

A experiente Loisse Garcia, destaque nas provas de cavalos novos

O Torneio de Verão da SHB fechou as cinco etapas com recorde de participação e comprovando o sucesso do formato. Para encerrar o treino do verão de 2017 com chave de ouro, a última etapa contou com a presença do presidente da Confederação Brasileira de Hipismo, Ronaldo Bitencourt, que foi prestigiar o evento da SHB. A próxima competição será nos dias 18 e 19/3 com a abertura do Ranking SHB 2017, na pista Roberto Marinho. Este ano serão nove etapas com direito a três descartes. Com premiação em espécie para a serie principal e premiação e contagem de pontos para todas as categorias.

Informações, programação do Ranking SHB 2017 e resultados completos do Torneio de Verão , clique aqui.

 

Fonte: Christiane Paiva Chaves / CPC Comunicação; fotos: Beatriz Cunha

RIP | José Francisco Alves do Nascimento, Tamborete

Faleceu no Rio de Janeiro, em 13/2, José Francisco Alves do Nascimento, conhecido por Tamborete. Tratador de cavalos do primeiro time, Tamborete trabalhava há muitas décadas para a família Marinho, na Sociedade Hípica Brasileira. Admirado e querido por todos, Tamborete, dono de um sorriso e coração enormes, já deixa saudades e viverá para sempre na memória de todos que tiveram o prazer de conhecê-lo. Nos solidarizamos com a família e incontáveis amigos. Descanse em Paz!

Em 2013, durante o Aniversário da Hípica Brasileira, foi instituído o Troféu Tamborete – Luiz Francisco aqui segurando o Troféu – que na ocasião seria entregue ao tratador Adriano, tratador do cavalo campeão do GP Keep on Fighting, campeão do GP com Giulia Scampini

Maiores informações em breve.

Vem aí a 2ª etapa do Torneio de Verão da SHB com premiação especial e Happy Hour

A segunda etapa do torneio mais disputado da pré temporada carioca de 2017 acontece nesta quarta-feira, 8/2, no picadeiro coberto da Sociedade Hípica Brasileira. Nesta etapa do Torneio de Verão da SHB, além de premiação em dinheiro para a categoria principal, haverá também um Happy Hour com drinks no bar montado no mezanino do picadeiro, sushi bar e pizza. Não dá para perder. Venha treinar, e traga a família para passar uma tarde super agradável na beira da Lagoa e aos pés do Cristo Redentor.

Alexandre Gorberg foi o vencedor da 1ª etapa em 1/2, na série Cavalos Novos 8 anos; img: Beatriz Cunha

As inscrições já estão abertas na Comissão Esportiva da SHB. Serão quatro etapas no total, sempre às quintas feiras, no novo picadeiro Eloy Menezes. As provas começam às 16:30 horas e tem competições nas alturas de 0.80 até 1.30 metro. O desenho dos percursos desta etapa levam a assinatura de Rafael Ferrarez.

Para participar do Torneio de Verão não é necessário nenhum registro ou taxa anual, apenas a inscrição. Inscrições até as 12 horas do dia anterior à prova.

Próximas disputas:

2ª Etapa: 08/02/2017
3ª Etapa: 15/02/2017
4ª Etapa: 08/03/2017

As etapas serão isentas das taxas do registro anual.
Inscrições : R$50,00 sócios e R$ 100,00 não sócios.
Repique: R$ 25,00 (mesma prova).
Uniforme: culote de qualquer cor, botas e camisa com gola.

 

Fonte: Christiane Paiva Chaves / CPC Comunicação

Thiago Mattos é o grande campeão do Ranking 2016 da Hípica Brasileira

Ele vinha na frente da contagem geral e, com mais um ótimo percurso com Wieta do Santo Antonio, o jovem Thiago Mattos, 25, garantiu mais um título do Ranking de 2016 da Sociedade Hípica Brasileira, no começo da tarde deste sábado, na disputa da 6ª e última etapa, na pista Roberto Marinho. Ele foi o campão geral do ano com um total de 106 pontos. O vice-campeão foi Hércules Gadelha, que totalizou 77 pontos, e em terceiro chegou Carolina Alegria Simões com uma diferença de meio ponto apenas, 76,5.

Thiago Mattos leva seu segundo título no Ranking da SBH; img: Beatriz Cunha

Thiago Mattos leva seu segundo título no Ranking da SBH; img: Beatriz Cunha

Thiago Mattos, que vence o Ranking da SHB pela segunda vez – ganhou em 2014 e no ano passado foi vice-campeão, festejou muito depois da entrega de prêmios:

“Estou muito feliz com a regularidade dos meus cavalos, um sinal que o trabalho vem sendo bem feito. É muito difícil chegar neste nível e mais ainda manter os bons resultados. Queria agradecer toda a minha equipe que é parte fundamental de todo o processo e em especial ao Chiquinho Brandão, proprietário dos meus cavalos e meu pai e treinador, Julio Mattos”, disse o campeão.

Anna Luiza, vencedora entre os Amadores; img: Beatriz Cunha

Anna Luiza, vencedora entre os Amadores; img: Beatriz Cunha

Na prova de 1.20m, a grande campeã Amador foi Anna Luiza Araujo Pinho. O vice-campeonato foi para Patrícia Vianna e entre os Jovens Cavaleiros, Rafaela Jeolás ficou com o título enquanto Gabriela Fonseca levou o vice-campeonato. Alexandre Gorberg foi o campeão Amador Top e Gustavo Padilha ficou com o vice-campeonato. O título de Jovem Cavaleiro Top foi para Kevin Kox Meira e Augusto Figueira foi vice.

Alexandre Gorberg foi o campeão Amador Top; img: Beatriz Cunha

Alexandre Gorberg foi o campeão Amador Top; img: Beatriz Cunha

Os percursos desta final do Ranking SHB levam a assinatura de Erica Sportiello. Todas as etapas contaram pontos, podendo haver descarte de uma delas com exceção desta última, que tem bonificação de 50%. Até domingo, serão conhecidos campeões e vice de todas as demais categorias nas séries de 80 cm até 1.10m.

As provas do ranking são transmitidas ao vivo e os resultados podem ser vistos online pelo site www.shb.com.br.
Com a fonte: Christiane Paiva Chaves / CPC Comunicação; fotos: Beatriz Cunha

Final de semana de decisão no Ranking de Salto da Sociedade Hípica Brasileira

Entre sexta-feira e domingo, 25 a 27/11, acntece a 6ª e última Etapa do Ranking da Sociedade Hípica Brasileira, no Rio de Janeiro. É a final, valendo prêmios em dinheiro, e os líderes vêm com tudo para garantirem suas posições. Quem vem na frente da série principal é o vice-campeão de 2015, Thiago Mattos, 25 anos, com 77 pontos, disposto a levar o troféu de campeão este ano. Nesta final, ele traz suas principais montarias: Wieta e Hermés do Santo Antonio. Seus concorrentes mais próximos, Carolina Simões, com 54 pontos e Hercules Gadelha, com 52 pontos, também voltam à pista Roberto Marinho, neste sábado, para melhorarem suas posições.

Thiago Mattos, líder do ranking, com Wieta; img: Beatriz Cunha

Thiago Mattos, líder do ranking, com Wieta; img: Beatriz Cunha

Embora ainda salte a última etapa do Campeonato Brasileiro Hyundai Senior Top, em São Paulo, no começo de dezembro, disputado em formato de ranking anual, o jovem cavaleiro top da SHB, Thiago Mattos, agora tem como prioridade o título mais importante do clube que ele ainda não possui. “Salto meus dois cavalos para tentar conquistar essa vitória”, explica o atual líder do Ranking.

As provas do Ranking da SHB são abertas também a não sócios e oferecem uma premiação total de mais de R$ 100 mil. Nesta final, serão conhecidos campeão, vice e o 3º colocado da série principal, todos com prêmios em dinheiro. A contagem final, entretanto, só vale para sócios do clube. Os percursos desta categoria têm chamada a 1.45 metro.

Os percursos desta final levam a assinatura de Erica Sportiello. Todas as etapas contaram pontos, com descarte de uma delas com exceção desta última, que tem bonificação de 50%.

Na sexta-feira, 25, são disputadas as provas de cavalos novos nas categorias de 4 a 7 anos de idade. No sábado, é a vez da série principal, a partir das 13h30 e Amadores e demais categerias das alturas de 1.20m e 1.30m. E no domingo, competem as séries de 80 cm até 1.10m.

As provas do ranking são transmitidas ao vivo e os resultados podem ser vistos online pelo site www.shb.com.br.

 

Fonte: Christiane Paiva Chaves / CPC Comunicação

Fabio Sarti crava seu nome no Troféu Perpétuo Roberto Marinho no 78º Aniversario da Sociedade Hípica Brasileira

O Concurso de Salto do Aniversário da Sociedade Hípica Brasileira que esse ano comemorou 78 anos é destino mais que certo da elite do hipismo brasileiro. O ponto alto mais uma vez foi o GP Troféu Roberto Marinho que agistou a cassa no domingo, 20/11. Dos 25 conjuntos, 12 passaram à 2ª volta dentre os quais cinco sem faltas. No segundo percurso, também proposto por Hélio Pessoa, a 1.50m, apenas dois conseguiram repetir o percurso sem faltas. O carioca Thiago Mattos com Hermès do Santo Antonio, penúltimo em pista, colocou a pressão em Fabio Sarti com Desteny, que fechou o GP. Thiago com Hermes do Santo Antonio fez um lindo percurso sem faltas e parou o tempo em 53s53. Fabio entrou com o imponente castanho importado Desteny, sabendo que para a vitória, só valia o percurso limpo e um tempo melhor. “Eu sempre prefiro ir para o tempo e arriscar uma falta do que tentar o zero”, explicou o campeão,depois da vitória.

Fabio e Desteny a caminho da vitória

Fabio e Desteny a caminho da vitória

O cavaleiro paulista fechou o Grande Prêmio sem faltas em 49s63s e inscreveu, pela primeira vez, seu nome no Troféu Perpétuo Roberto Marinho, além de levar para casa uma replica do prêmio. O jovem carioca Thiago Mattos foi vice e o 3º lugar coube ao cavaleiro olímpico e também representante da casa, Paulo Stewart que, no dorso de Allegro, em 49s45, uma falta -resultado que lhe rendeu prêmio Geraldo Sá (in memoriam) de melhor conjunto da série.

Thiago com Hermes do Santo Antonio em salto espetacular

Thiago com Hermes do Santo Antonio em salto espetacular

Fabio Sarti, que monta Desteny, um 13 anos de propriedade de Jorge Gerdau Johannpeter, apenas desde maio deste ano, vem tendo ótimas colocações com o cavalo. “Ele classificou em 95% das provas que participou. Mas Grande Prêmio foi o primeiro que venceu”, festejou Fabio, apostando em outras vitórias importantes.

Paulo e Allegro

Paulo e Allegro

Em 4º lugar chegou Rodrigo Sarmento, que já tem duas vitorias no GP e, dessa vez, montou Big Boy. Uma falta na primeira volta o tirou da briga pelo lugar mais alto do pódio.

Rodrigo e Big Boy GMS

Rodrigo e Big Boy GMS

Na 5ª colocação aparece o o cavaleiro olímpico Stephan Barcha montando Unforgetable JM Guabi, também com uma falta na 1ª passagem.

Stephan e Unforgetable JM Guabi

Stephan e Unforgetable JM Guabi

E, finalmente, completando o placar na 6ª colocação aparece a jovem grande estrela da prova Maithe Caminada, de 21 anos, que estreando em GPs com o tordilho Wanted fez apenas uma falta no número um no desempate.

Maithe e Wanted em sua estreia em GPs no circuito nacional

Maithe e Wanted em sua estreia em GPs no circuito nacional

O Troféu Roberto Marinho foi instituído há 27 anos para homenagear um dos maiores incentivadores do clube e patronos do esporte e é considerado um clássico do calendário hípico nacional.

O Concurso de Salto de Aniversário da Hípica Brasileira contou com o apoio da Lei Federal de Incentivo ao Esporte, Ministério do Esporte, Governo Federal, Multiplan, Village Mall, Osklen, Ceratti, Maison du Cavalier, AD Life Style, e chancela de FEERJ e CBH.
GP Troféu Perpétuo Roberto Marinho 2016
Campeão Fabio Sarti / Desteny – FPH – 0/0/49s63
Vice Thiago Mattos/Hermes do Santo Antonio – FEERJ – 0/0/53s53
3º Paulo Stewart / Allegro – FEERJ -0/4/48s45
4º Rodrigo Sarmento / Big Boy GMS – FHMG – 4/0/50s04
5º Stephan de Freitas Barcha / Unforgetable JM Guabi – FEERJ – 4/0/55s21
6º Maithe Lenzi Caminada / Wanted – FPH – 0/4/57s61

Resultado completo.

Com a fonte: CPC Comunicação e fotos Luis Ruas / Brasil Hipismo

Thiago Martins conquista sua primeira vitória em um GP no Longines Rio Equestrian Festival

Não teve tempo ruim, não teve a condição adversa do piso, não teve a forte concorrência. Não teve para ninguém. Era o dia do jovem Thiago Aquino de Arruda Martins, 22, vencer o primeiro Grande Prêmio de sua carreira. E logo no prestigiado GP Longines que encerrou o Concurso de Salto Nacional e Internacional-W 2* Longines Rio Equestrian Festival, neste domingo, 25/9, na Sociedade Hípica Brasileira.

O galope da vitória de Thiago e Anneline; img: Beatriz Cunha

O galope da vitória de Thiago e Anneline; img: Beatriz Cunha

Thiago foi o único a zerar o percurso na difícil primeira volta da prova, válida para o Longines Ranking, disputada debaixo de forte chuva. E, portanto, foi o último dos 12 que voltaram para a segunda passagem. O tempo dos conjuntos com quatro pontos era quase impossível de tirar, ainda mais depois da apresentação de José Roberto Reynoso Fernandes, que pulverizou o cronômetro com seu Maestro St Louis estabelecendo a marca de 47s31. Porém com uma falta, o conjunto ficou com o 2º posto na competição.

José Roberto e Maestro Pulverizaram o cronômetro; img: João Markun

José Roberto e Maestro Pulverizaram o cronômetro na pista encharcada; img: João Markun

“Na verdade minha égua não é muito rápida, e eu sou menos experiente que os outros cavaleiros profissionais. Eu sabia que não ia conseguir fazer o melhor tempo, então fui para o zero. Tentei fazer meu papel e zerar a pista e no final deu certo”, comemorou o o jovem campeão, ainda emocionado.

E não poderia ter dado mais certo. Anneline, sua parceira de 11 anos de idade, parecia ainda mais leve e saltando melhor na segunda volta. “A pista não estava escorregando mas estava bem pegajosa, prendendo na batida do salto. Mas na segunda volta, os cavalos já pegaram mais a condição do piso e estavam mais acostumados com ele”, explicou Thiago.

Depois de dois anos juntos e de ter conquistado os títulos de vice-campeões e 3º lugar individual e bicampeões sul americanos Young Rider por equipe, agora foi a vez de Thiago e Anneline ganharem juntos um GP internacional. E disputando com os melhores do Brasil.

A primeira vitória a gente nunca esquece; img: Beatriz Cunha

A primeira vitória a gente nunca esquece; img: Beatriz Cunha

“É o meu melhor resultado. O primeiro GP de muitos, eu espero”, torce o campeão que levou para casa além da premiação em espécie, um relógio Longines. Agora, o projeto é saltar o CSI Indoor na Hípica Paulista em duas semanas e continuar evoluindo, sob a atenta orientação de Francisco José de Mesquita Musa, seu professor.

Em 3º lugar no GP Longines, com obstáculos a 1.50m e assinatura de Helio Pessoa, que desenhou os traçados, chegaram Fernando Schillis e Landritter II do Feroleto. Em 4º classificou-se Marcelo Ciavaglia com Queeni RJ, em 5º Luiz Felipe Pimenta Alves e no 6º posto Alberto Sininbu, todos com uma falta na primeira volta.

Fernando Schillis e Landritter II do Feroleto, img: Beatriz Cunha

Fernando Schillis e Landritter II do Feroleto, img: Beatriz Cunha

O Longines Rio Equestrian Festival contou com o apoio de Hyundai, Total, Promenade, SporTV, AD Lifestyle, Osklen, Multiplan, Village Mall e chancela de FEERJ, CBH e FEI.

25-09-2016_Longines_GrandePremio_150m

Grande Prêmio Longines – 1.50m

Campeão Thiago Aquino de Arruda Martins / Anneline – BRA – 0/0/62s07
Vice José Roberto Reynoso Fernandez Filho / Maestro St Lois – BRA – 4/0/47s31
3º Fernando Schilis / Landritter II do Feroleto – BRA – 4/0/47s39
4º Marcello Ciavaglia / Queenie – BRA – 4/0/47s71
5º Luiz Felipe Pimenta Alves / VDL Valdez Assolute RG – BRA – 4/0/51s17
6º Alberto Sinimbu / Sharapova MCJ – BRA – 4/0/52s11

Com a fonte: CPC Comunicação – Christiane Paiva Chaves; fotos: Beatriz Cunha e João Markun

“Um 2º lugar com gosto de 1º”,afirma Zé Reynoso, após GP Hyundai no Rio, líder isolado em busca do bi no Brasileiro Senior Top

Na noite da sexta-feira, 23/9, a 5ª etapa do Campeonato Brasileiro Hyundai Senior Top agitou a Sociedade Hípica Brasileira no Longines Rio Equestrian Festival. Ficou com o uruguaio Martin Vanni com Liborius a vitória totalizando três pontos perdidos, 63s03, na segunda volta. O cavaleiro olímpico José Roberto Reynoso Filho garantiu o segundo lugar montando Azrael W, com cinco pontos na primeira volta e sem faltas na segunda, em 53s39. Cesar Almeida, com Zojasper Império Egípcio, foi o terceiro colocado, com cinco pontos trazidos da 2ª volta, em 57s12.

Zé Roberto Reynoso e seu Azrael W em plena forma no Longines Rio Festival; img: João Markun

Zé Roberto Reynoso e seu Azrael W em plena forma no Longines Rio Festival; img: João Markun

Com a vitória do cavaleiro uruguaio, para Zé Roberto o 2º lugar teve gosto de primeiro, garantindo os 20 pontos do primeiro colocado no ranking do Campeonato Brasileiro. O paulista disparou na corrida pelo título desta temporada somando 97 pontos.O terceiro lugar, ou segundo entre os brasileiros, deixou César Almeida na vice-liderança do Campeonato Brasileiro Hyundai Senior Top com 57 pontos. Alberto Sinimbu, que foi o quarto no GP dessa noite, é o terceiro do ranking, com 50 pontos, e Vitor Alves Teixeira vem em seguida com 47 pontos.

Cesinha com Zojasper Império Egípcio, vencedor do warm up, 3º no GP e vice líder do Brasileiro ,

Cesinha com Zojasper Império Egípcio, vencedor do warm up, 3º no GP e vice líder do Brasileiro ,

“Desde o início do ano eu venho fazendo uma campanha muito sólida e estou caminhando para um resultado bom. Consegui vencer os três primeiros GPs do Brasileiro com o Maestro St Lois, meu cavalo mais experiente. Com a quarenta para a expectativa por uma vaga nos Jogos Rio 2016, eu saltei com o Azrael na 4ª etapa e fizemos um terceiro lugar. E hoje aqui, também com Azrael, consegui um segundo lugar com gosto de primeiro. Estou muito feliz com o resultado. Agradeço toda a minha equipe, aos proprietários dos meus cavalos e família pelo apoio”, disse José Roberto Reynoso, que agora vem com tudo rumo ao Longines Indoor na Hípica Paulista, entre 5 e 9/10, que recebe a 6ª das oito etapas do Brasileiro Senior Top.

Comemoração no pódio do GP com Martin, Zé Roberto, Cesinha,

Comemoração no pódio do GP com Martin, Zé Roberto, Cesinha, Alberto, Paulinho e Mario ;img: Beatriz Cunha

“A prova hoje não estava fácil, com o tempo apertado, mas estava igual para todo mundo. Minha primeira entrada na pista foi com o Maestro que acabou cometendo três faltas. Então, quando voltei com o Azrael, a minha preocupação era ser um pouco mais cuidados para garantir a minha participação na segunda volta e pontuar no Campeonato Brasileiro. Eu não podia correr o risco dos meus adversários pontuarem, como foi o caso do Cesinha, e eu não fazer nada” explicou Zé Roberto.

Pela primeira vez no Rio de Janeiro, o campeão do GP não escondia alegria: “Estou muito feliz. Já saltei em outros lugares do Brasil mas nunca estive no Rio, estou muito, muito feliz com esta vitória”, exclamou Martin, que saltou a final do Pan Americano de Toronto com este mesmo cavalo.

O percurso foi elaborado pelo experiente course designer Hélio Pessoa, e dos 23 conjuntos que participaram da prova todos tiveram pelo menos um ponto perdido por excesso de tempo na primeira volta. A próxima etapa do Campeonato Brasileiro Hyundai Senior Top acontece entre 5 e 9 de outubro, na Sociedade Hípica Paulista, durante o CSI2*-W Longines Indoor.

“Eu gostaria de convidar a todo mundo que não conhece o nosso esporte a frequentar os eventos. É sempre bom competir com o público torcendo. Em duas semanas teremos o Indoor na Hípica Paulista, que será uma linda festa com a presença de cavaleiros que defenderam o Brasil nos Jogos Rio 2016”, finalizou José Roberto Reynoso Filho.

O Campeonato Brasileiro Hyundai Senior Top de Salto tem oito etapas que são disputadas ao longo do ano e os participantes poderão descartar dois resultados. Na etapa final, o peso é de 1,5 e não há descarte. Cada GP tem premiação total de R$120 mil, valor que será dividido entre os melhores colocados na prova. No fim das oito etapas, o campeão brasileiro ganha um carro Hyundai IX35 0km.

Contagem do Campeonato Brasileiro Hyundai Sênior Top 2016 após 5 de 8 etapas

1º José Roberto Reynoso Filho – 95 pontos
2° César Almeida – 57 pontos
3° Alberto Sinimbu – 50 pontos
4° Vitor Alves Teixeira – 47 pontos
5° Tiago Mesquita – 42 pontos
6° Thiago Mattos – 41 pontos

Próximas etapas Campeonato Brasileiro Hyundai Sênior Top 2016
6ª Etapa CSI2*-W Indoor – SHP – 5 a 9/10
7ª Etapa CSI2* Agromen – 14 a 16/10
8ª Etapa CSI2* Top Rider – SHP – 2 a 4/12

 

Fonte: MKT Mix e CPC Comunicação; fotos: Beatriz Cunha/divulgação e João Markun/cedida