Pedro Muylaert com Prince Royal Z MFS é campeão do GP5* Longines de La Baule, na França. Assista!

Deu Brasil no GP Longines do Concurso de Salto Internacional – CSIO5* de La Baule, na França, nesse domingo, 14/5. Recém chegado na Europa, Pedro Junqueira Muylaert, o Pepê, 30, acaba de conquista a maior vitória de sua carreira. Montando Prince Royal Z MFS, criação Zangersheid de 10 anos e de propriedade da MFS Sporthorses, Pedro cruzou a linha de chegada do desempate, sem faltas, em 45s39, na super arena de Baule, considerada meca do hipismo na França, perante dezenas de milhares de pessoas.

Pedro Muylaert, o Pepe, do Brasil em salto espetacular com Prince Royal Z MFS Sporthorses no CSIO5* de La Baule; img: Thomas Reiner

Foram 49 os conjuntos, dos quais oito habilitaram-se ao desempate com armação do renomado francês Frederic Cottier. Pelas cores da casa, o top Patrice Delaveau montando Aquila HDC foi vice, com percurso limpo, em 45s92. Em 3º lugar chegou o holandês Maikel van der Vleuten montando VDL Groep Arera C, pista limpa, 46s24.
Pedro começou e construiu sua carreira na Sociedade Hípica Paulista. “A minha vida inteira eu montei no Brasil e essa é sem dúvida minha maior conquista até hoje”, garantiu Pedro, durante a coletiva de imprensa, que há uma semana, em 7/5, garantiu sua primeira vitória no circuito europeu em 2017 no GP do Internacional 3* de Lummen.

Pedro e Prince Royal Z em mais um salto espetacular; img: Thomas Reiner- reprodução facebook

“Em princípio vou ficar na Europa até o final do ano, mas talvez prorrogue a temporada”, acrescentou o brasileiro que fez uma bem sucedida temporada no Winter Equestrian Festival nos EUA no início do ano e agora está com sua base na Bélgica, no mesmo manège do campeão olímpico brasileiro Rodrigo Pessoa. O próximo compromisso de Pedro Muylaert no circuito top europeu é o CSIO5* de St Gallen, na Suíça, entre 1 e 4/6.

Ao longo dos quatro de dias de competição, a série 5* de La Baule, evento criado em 1963, distribuiu 600 mil euros em premiação e contou com a participação de 68
conjuntos top mundiais e 170 cavalos.

GP Longines Jumping Internacional de La Baule
Campeão Pedro Junqueira Muylaert / Prince Royal Z MFS – BRA – 0/0/45s39
Vice Patrice Delaveau / Aquila HDC – FRA – 0/0/45s94
3º Maikel van der Vleuten / VDL Groep Arera C – HOL – 0/0/46s24
4º Henrik von Eckermann / Cantinero – SUE – 0/0/45s59
5º Simon Delestre / Qlassic Bois Margot – FRA – 0/0/45s84
6º Jan van der Schans / Capetown – HOL – 0/4/48s70

Resultado completo

Assista o desempate:

Fonte: CBH – C. May; img: Thomas Reiner – reprodução facebook

Assista a memorável vitória de Pedro Veniss e Quabri de L’Isle no GP Rolex CSI5* de Versailles

No domingo, 7/5, deu Brasil no Concurso de Salto Internacional 5*, nos jardins do Castelo de Versailles, na região de Paris. Pedro Veniss com Quabri de L’Isle, integrante do Time Brasil 5º colocado na Rio 2016, sagrou-se campeão do GP Rolex. Dos 38 conjuntos, 12 foram ao desempate na corrida por 300 mil euros em premiação.

Assista:

Desafio na praia no Global Champions Tour em Miami: assista o desempate top 2 entre o belga Jerome Guery e Alberto Zorzi

A 2ª Etapa Longines Global Champions Tour 2017 em Palm Beach, em Miami, terminou no sábado, 15, com o triunfo do belga Jerome Guery no Grande Prêmio. Dos 25 conjuntos, quatro foram ao desempate e três fecharam com duplo zero falta. Montando Grans Cru van de Rozenberg, Guery venceu o GP em 37s39s. O italiano Alberto Zorzi montando Cornetto K foi vice, 37s96, seguido pelo belga Nicola Philippaerts apresentando Chilli Willi, 39s50. Resultado completo. 

Assista lado a lado o desempenho do campeão Jerome e do vice Alberto

Assista o top holandês Harrie Smolders vencer um GP2* sem um estribo

Imagine saltar sem estribos. Agora imagine que um dos seus estribos se solta após o número um do percurso. Imagine então que você está saltando o desempate de um Grande Prêmio Internacional 2*. Assustador, não é?

Pois foi o que aconteceu com o cavaleiro top holandês Harrie Smolders, que saltava seu companheiro nas Olimpíadas Rio 2016, Emerald NOP, no GP para garanhões do Flanders Horse Expo em Ghent, na Bélgica, no final de fevereiro. Eles participavam do desempate com outros sete concorrentes quando o problema começou.

Harry Smolders, vencedor do GP de Ghent, com Emerald: “Ele é fácil de montar”; img: Fotoroyal Horseman

“Aconteceu logo na recepção do primeiro obstáculo. Meu loro arrebentou e eu simplesmente tive que saltar o resto do percurso só com um estribo”, explicou Harry Smolders após vencer o GP. Sim, porque ele venceu com apenas um estribo. “O Emerald é tranquilo, então foi mais fácil, mas ainda assim foi um pouco difícil nas curvas. Eu não sabia se ganharia porque meu percurso não foi como planejei, mas acabou sendo o suficiente.”

Assista o percurso vitorioso do holandês, mas preste muita atenção, porque é até difícil ver que ele está sem um dos estribos. Quem sabe, sabe!

Brasil Hipismo com a fonte: Noelle Floyd

Cavalo enterrado na lama tem resgate incrível: assista

O cavalo Joker estava praticamente submerso em um lamaçal, mas lutando pela vida relinchava pedindo ajuda. Após uma hora, uma amazona, médico veterinário e equipe de bombeiros resgatando o animal que após aplicação de soro, ganhou forças para levantar. O acidente aconteceu na região de Hamburgo, Alemanha. Assista:

Trick riding | Assista um vídeo com manobras super radicais

Você já ouviu falar de “trick riding”? O termo refere-se a uma modalidade equestre em que os cavaleiros realizam uma série de difíceis manobras em cima de um cavalo galopando em alta velocidade. As manobras podem ser realizadas em competições, ou mais frequentemente, apenas como apresentações em rodeios ou eventos equestres, como a Equitana.

A modalidade requer uma boa dose de força, excelente forma física, muita técnica, coragem e alguns parafusos a menos. As manobras realmente parecem muito difíceis e perigosas e uma mulher chega a passar de um lado do cavalo para o outro pela sua frente, enquanto este galopa a toda velocidade. Assista o vídeo da Equitana de Melbourne com todo tipo de manobras malucas.

 

Chanel apresenta Allure Homme Sport Cologne e a relação entre o cavalo e homem: assista

Uma água de colônia para homens da Chanel – Allure Homme Sport Cologne – tem spot inspirado em uma relação especial: o homem e o cavalo. A direção é de Jacob Sutton com participação do ator norte-americano Luke Grimes. A gravação foi na África do Sul. Assista:

Assista também o making of Alurre Home Sport Cologne: Making-of “in the saddle” – Chanel

/

Assista a uma entrevista com o ator Luke Grimes sobre o set e a gravação

 

 

Bombeiros e moradores salvam da morte Clydesdale preso no gelo no Canadá

Esta semana um resgate dramático chamou a atenção do mundo. Um cavalo da raça Clydesdale escapou da morte ao ser resgatado de um riacho congelado em Alberta, no Canadá. O animal fugiu da propriedade e acabou caindo em um buraco no gelo. Seu dono, Cody Scott, o encontrou, mas seus esforços e os de seus vizinhos não foram suficientes para retirar o cavalo.

Os bombeiros foram acionados e o animal, já em estado de hipotermia, foi finalmente resgatado, após duas horas de tentativas, que incluíram a puxar o cavalo com a moto de neve. Uma das maiores raças de equinos, um Clydesdale adulto mede entre 1,63 e 1,83 metro de altura e pode pesar até 900 quilos. Confira o vídeo do resgate.

 

Brasil Hipismo com a fonte: Equisport